Quem sou?

Ângela Eveline Barreto Mendonça Santos nasceu na cidade de Recreio, Estado de Minas Gerais, em 22 de outrubro de 1953, mudou-se para Juiz de Fora aos 2 anos de idade.

Começou a escrever poemas aos 13 anos, vertendo em letras seus mais profundos sentimentos. Tirano, seu primeiro soneto, vem demonstrar a tendência para versos decassílabos e simbolistas.

Participou de vários concursos de poesias e trovas em nível nacional e internacional, logrando prêmios com sonetos como "Cálida bonança", "Amor transfigurado em flores", "O mal e o bem", "Soluças, mar?", "Sinfonia de doçuras" , "Duas almas", entre outros.

Destacou-se como trovadora na UBT - União Brasileira de Trovadores - na década de 90 e a partir de 2008 torna pública toda a sua obra através desse site, para apreciação e comentários dos leitores e amigos.